Salmo 14 Significado: Comentário da Bíblia para uma proteção poderosa

salmo-14-significado-comentário-da-Bíblia-para-proteção-poderosa

Descubra o Comentário do Salmo 14 em detalhes, com seu estudo e explicação da Bíblia, bem como seu significado na Bíblia Católica, entre outros.

Salmo 14-1

O tolo diz em seu coração: Deus não existe.
Eles foram corrompidos; eles fizeram obras abomináveis;
Não há ninguém que faça o bem.

Salmo 14-2



Jeová olhou desde o céu para os filhos dos homens,
para ver se havia algum
quem entendeu quem buscou a Deus.



800 significado do número do anjo

Salmo 14-3

Todos se desviaram; para um eles foram corrompidos.
Não há ninguém que faça o bem; não há nem mesmo um.

Salmo 14-4

Nem todos os obreiros da iniqüidade têm conhecimento,
que devoram meu povo como se comessem pão,
e não invocar o Senhor?

Salmo 14-5



Lá eles tremem de medo,
porque Deus está com a geração dos justos.

Salmo 14-6

Você zombou do conselho dos pobres,
mas o Senhor é seu refúgio.

Salmo 14-7

Oh, que a salvação de Israel viesse de Sião!
Quando o Senhor traz de volta seu povo do cativeiro,
Jacó se alegrará e Israel se alegrará.

Significado do Salmo 14



O significado de Salmo 14 é muito interessante, faz referência ao que o homem precisa para se sentir pleno. Ele pensa profundamente sobre todas as necessidades, incluindo fé, paz consigo mesmo e com o Senhor.

Comentário do Salmo 14

Quando a Bíblia fala de uma pessoa tola, não deve ser entendida no sentido de alguém que persevera em realizar algo, nem no sentido de que alguém tem algum grau de deficiência mental. Um tolo, biblicamente falando, significa alguém que é moralmente corrupto. Fazemos essa precisão porque no estudo da Bíblia de hoje, vamos falar sobre tolos. Para fazer isso, vamos abrir nossa Bíblia no Salmo 14.

Este salmo, como alguns anteriores, tem uma sobrescrita na qual lemos o seguinte:



Para o músico principal. Salmo de David.



Aqui, novamente, temos instruções para o músico que lidera o culto. A letra deste salmo foi escrita por David. Quanto ao conteúdo do salmo, encontramos a proclamação do tolo, a prática do tolo, a perversão do tolo e o perigo do tolo. Vamos considerar o salmo nesta ordem.

Primeiro, a proclamação do tolo.

Na primeira parte do versículo 1, lemos: O tolo diz em seu coração: Deus não existe.

Esta é a declaração de fé do tolo. Ele está totalmente convencido de que Deus não existe. Como você chegou a essa conclusão? Bem, simplesmente raciocinando, pensando, meditando em seu coração.

Mas aí temos um problema porque a palavra de Deus diz em Jeremias 17: 9 O coração é enganoso acima de todas as coisas e perverso; quem pode saber disso? Quando o homem tenta encontrar Deus com base em seu próprio raciocínio, é muito provável que acabe como um tolo, acreditando que Deus não existe. O que o homem precisa fazer para não se tornar um tolo é encontrar Deus no que Deus deu ao homem para que a Bíblia seja encontrada, em sua palavra.

Enfurecido com seu próprio raciocínio, o tolo diz: Deus não existe. Apesar de todas as evidências que estão diante dos olhos do tolo, o tolo se recusa a reconhecer que por trás do criado deve haver um Criador e fechando os olhos ele diz: Deus não existe.



Armado com esse pensamento, ele presume que tudo o que existe no universo é produto de leis naturais que estão em ação há milhões de milhões de anos. Como é absurdo negar a existência de um Criador. Se ao menos pudéssemos ver quão preciso é tudo o que Ele projetou. Olhemos apenas para a terra, para não tocar no que está nas estrelas distantes. Observe, por exemplo, que a Terra gira sobre seu eixo a uma velocidade linear de aproximadamente 1600 km. por hora, se a Terra girasse em seu eixo a apenas 160 km. por hora, nossos dias e noites seriam dez vezes mais longos e nosso planeta congelaria durante aquelas longas noites e queimaria durante aqueles longos dias, tornando impossível a existência de vegetação.

Se o planeta terra fosse do tamanho da lua, a força da gravidade seria tão fraca que não poderia reter a atmosfera com o ar que é vital para a existência de vida, mas se o planeta terra fosse tão grande quanto Júpiter ou Saturno , a força da gravidade seria tão grande que qualquer movimento em sua superfície seria impossível.

Pense nisso, se a Terra estivesse tão perto do Sol quanto o planeta Vênus está, o calor do Sol seria insuportável e tornaria a vida neste planeta impossível. Por outro lado, se a Terra estivesse tão longe do Sol quanto o planeta Marte, a Terra estaria coberta de neve e gelo mesmo nas regiões mais quentes.

Se a superfície dos oceanos fosse a metade do que é, a quantidade anual de chuvas na terra seria apenas um quarto do que é agora e seria impossível haver vegetação abundante. Mas se a superfície dos oceanos fosse apenas um oitavo a mais do que é, a quantidade de chuva anual seria oito vezes o que é agora e transformaria a Terra inteira em um pântano desolado. Quem fez a Terra ter a dimensão exata, a velocidade de rotação exata, a inclinação exata de seu eixo, a proximidade exata do sol, a superfície exata dos oceanos, etc., etc.?



Não pode ser obra do acaso, deve ser obra de Deus, o Criador e Sustentador do universo.

Não é de admirar que a Bíblia se qualifique como tolo quem não conhece esta verdade e diz em seu coração: Deus não existe.

Esta é a proclamação do tolo. e tornaria toda a terra um pântano desolado. Quem fez a Terra ter a dimensão exata, a velocidade de rotação exata, a inclinação exata de seu eixo, a proximidade exata do sol, a superfície exata dos oceanos, etc., etc.? Não pode ser obra do acaso, deve ser obra de Deus, o Criador e Sustentador do universo. Não é de admirar que a Bíblia se qualifique como tolo quem não conhece esta verdade e diz em seu coração: Deus não existe. Esta é a proclamação do tolo. e tornaria toda a terra um pântano desolado. Quem fez a Terra ter a dimensão exata, a velocidade de rotação exata, a inclinação exata de seu eixo, a proximidade exata do sol, a superfície exata dos oceanos, etc., etc.?

sinal de 27 de novembro

Não pode ser obra do acaso, deve ser obra de Deus, o Criador e Sustentador do universo.



Não é de admirar que a Bíblia se qualifique como tolo quem não conhece esta verdade e diz em seu coração: Deus não existe. Esta é a proclamação do tolo. a velocidade de rotação exata, a inclinação exata de seu eixo, a proximidade exata do sol, a superfície exata dos oceanos, etc., etc.,? Não pode ser obra do acaso, deve ser obra de Deus, o Criador e Sustentador do universo. Não é de admirar que a Bíblia se qualifique como tolo quem não conhece esta verdade e diz em seu coração: Deus não existe. Esta é a proclamação do tolo. a velocidade de rotação exata, a inclinação exata de seu eixo, a proximidade exata do sol, a superfície exata dos oceanos, etc., etc.,?

Não pode ser obra do acaso, deve ser obra de Deus, o Criador e Sustentador do universo. Não é de admirar que a Bíblia se qualifique como tolo quem não conhece esta verdade e diz em seu coração: Deus não existe. Esta é a proclamação do tolo. Não é de admirar que a Bíblia se qualifique como tolo quem não conhece esta verdade e diz em seu coração: Deus não existe. Esta é a proclamação do tolo. Não é de admirar que a Bíblia se qualifique como tolo quem não conhece esta verdade e diz em seu coração: Deus não existe. Esta é a proclamação do tolo.

Agora vamos dar uma olhada na prática do tolo. Aqui temos um princípio inviolável na Bíblia.

O que alguém acredita inevitavelmente determinará o que ele fará. É por isso que é importante não apenas acreditar que Deus existe, mas acreditar na sã doutrina, porque a má doutrina inevitavelmente levará à má prática. Este é o problema das seitas falsas. Claro, visto que eles têm uma doutrina ruim, isso leva a uma prática ruim. Uma certa seita falsa acredita que as mulheres são salvas tendo o maior número de filhos. E você sabe a que essa má doutrina conduziu? Bem, para os membros dessa falsa seita terem tantas esposas quanto possível. Você vê o assunto? Não é de se admirar, então, que esperamos uma má prática por parte do tolo que estamos estudando no Salmo 14.

A prática do tolo.

2332 número do anjo

Vamos ler a segunda parte do versículo 1, ela diz assim: Eles se corromperam, eles fazem obras abomináveis; não há ninguém que faça o bem



Aí está, amigo ouvinte. Como o tolo nega a existência de Deus, o que é uma doutrina ruim, por trás do tolo inevitavelmente vêm as más práticas. Davi viu que todos os tolos foram corrompidos, isso significa que eles eram moralmente depravados. Em sua depravação, eles fizeram obras abomináveis. Nenhum dos tolos estava disposto a fazer o bem. Essa descrição da prática dos tolos inevitavelmente me leva a pensar sobre muito do que vemos em nossa sociedade hoje. Conheço pessoas que não vêem nada de errado com a homossexualidade, ou lesbianismo, ou vício em drogas, ou na embriaguez ou no sexo antes do casamento ou na infidelidade conjugal, ou na fraude, etc.

Quando você fala com eles que essas coisas ofendem a Deus. A resposta deles é: O que me importa?

Não tenho nada a ver com Deus, porque não acho que Ele exista. Às vezes, até penso que a decisão de ignorar a existência de Deus é na verdade a desculpa para dar rédea solta às paixões baixas. Essa é a prática do tolo. Quando você fala com eles que essas coisas ofendem a Deus. A resposta deles é: O que me importa? Não tenho nada a ver com Deus, porque não acho que Ele exista. Às vezes, até penso que a decisão de ignorar a existência de Deus é na verdade a desculpa para dar rédea solta às paixões baixas. Essa é a prática do tolo. Quando você fala com eles que essas coisas ofendem a Deus.



A resposta deles é: O que me importa? Não tenho nada a ver com Deus, porque não acho que Ele exista. Às vezes, até penso que a decisão de ignorar a existência de Deus é na verdade a desculpa para dar rédea solta às paixões baixas. Essa é a prática do tolo. Às vezes, até penso que a decisão de ignorar a existência de Deus é na verdade a desculpa para dar rédea solta às paixões baixas. Essa é a prática do tolo. Às vezes, até penso que a decisão de ignorar a existência de Deus é na verdade a desculpa para dar rédea solta às paixões baixas. Essa é a prática do tolo.

Agora, consideremos a perversão do tolo. Aqui, veremos Jeová fazendo uma avaliação tola.

Salmo 14: 2-4 diz: O Senhor olhou do céu para os filhos dos homens, para ver se havia algum que entendesse, que buscasse a Deus. Todos eles se extraviaram, juntos se tornaram corruptos; não há quem faça o bem, não há nem mesmo. Todos os que praticam a iniqüidade não têm discernimento, que devoram meu povo como se comesse pão, e não invocam o Senhor.

Interessante que Deus está atento desde o céu a tudo o que os homens pensam e fazem. É um absurdo pensar que o homem pode se esconder de Deus. O marido que trai a esposa pelas costas pensa que seu pecado nunca será conhecido. Mas Jeová olhou para ela do céu e um dia ela virá à luz. O funcionário público que recebe um suborno pensa que seu pecado nunca será conhecido. Mas Jeová olhou para ela do céu e um dia ela virá à luz. A jovem que se forneceu com seu amante pensa que seu pecado nunca será conhecido, mas Jeová o desprezou e um dia tudo virá à luz.

É uma coisa séria, amigo ouvinte, fingir que está se escondendo de Deus. O tolo pensa que pode fazer isso, mas Jeová olhou do céu para baixo e viu que entre os homens não havia ninguém sábio o suficiente para buscar a Deus. Longe disso, todos os homens seguiram seu próprio caminho. Todos os homens estão imersos na lama do pecado.

Não há ninguém que faça o bem.



Esta é uma imagem dramática do estado espiritual da humanidade sem Deus. Talvez o tolo seja o protótipo desta sociedade, mas o resto da humanidade não está muito longe do que o tolo é.

Infelizmente, estávamos todos nessa situação antes que Deus nos resgatasse por meio da salvação em Cristo. Mas Deus teve compaixão e amor e graça e misericórdia e nos procurou para ter um relacionamento pessoal conosco. Alguns de nós ouvimos sua voz nos chamando e viemos a ele e por meio de Cristo, deixamos a lama do pecado para trás e fomos feitos filhos de Deus. Sim, o homem não busca a Deus, em seu estado natural, mas Deus busca o homem e alguns de nós o encontraram.

Depois de considerar a perversão do tolo, consideremos por último o perigo do tolo. O triste é que o tolo corre o risco de ser condenado por Deus, mas não se dá conta disso.

Salmo 14: 5-7 diz: Eles tremeram de espanto, pois Deus está com a geração dos justos. Zombam do conselho dos pobres, mas o Senhor é sua esperança. Oh, se a salvação para Israel viesse de Sião! Quando o Senhor trouxer de volta os cativos de seu povo, Jacó se alegrará e Israel se alegrará.

Os tolos desprezam os pobres e zombam dos justos. O que eles não sabem é que Jeová é a esperança dos pobres e justos. Jeová está do lado dos pobres e do lado dos justos. Portanto, em vez de se gabar de sua tolice, os tolos devem tremer de medo, porque Jeová está pronto para puni-los. Davi termina seu salmo com uma frase de adoração a Jeová, confiando que um dia Jeová administrará justiça perfeita de Sião ou Jerusalém. Isso será cumprido durante o reinado milenar de Cristo.



Termino com esta pergunta, meu ouvinte. Voce é um tolo? Você quer saber? Basta olhar para o lugar de Deus em sua vida. Se você pensa que Deus não existe e vive como se Deus não existisse, então você é um tolo. Mas ainda há esperança para você. Se você quiser parar de ser um tolo, tudo que você precisa fazer é reconhecer que você é um pecador, reconhecer que você está separado de Deus pelo pecado, reconhecer que Cristo morreu para você pagar o que você é. Você deve a Deus por ser um pecador e, finalmente, precisa receber a Cristo como Salvador.

Você chegou aqui procurando

  • Salmo de estudo bíblico 14
  • Significado do Salmo 14
  • Explicação dos Salmos 14
  • Interpretação do Salmo 14

Veja também: