O que a Bíblia diz sobre a oração?

o-que-a-bíblia-diz-sobre-oração

Como cristãos, deve ser uma prioridade cultivar nosso relacionamento com Deus, e uma das melhores maneiras de crescer em nossa caminhada com Jesus é a oração. Agora, o que é orar? Como oramos?

O que é orar?



Por meio da Bíblia, vemos claramente que orar é falar com Deus. Quando oramos, abrimos nossos corações a Deus para lhe dizer como nos sentimos. Em Mateus 6: 5-8, Jesus fala sobre oração e diz:

Quando você orar, não seja como os hipócritas, porque eles adoram orar em pé nas sinagogas e nos cantos das praças para as pessoas verem. Garanto que eles já obtiveram sua recompensa completa. Mas você, quando orar, entre no seu quarto, feche a porta e ore ao seu Pai, que está em segredo. Assim, seu Pai, que vê o que se faz em segredo, o recompensará. E quando você orar, não fale apenas para falar como os gentios fazem, porque eles imaginam que serão ouvidos por suas muitas palavras. Não seja como eles, porque seu Pai sabe do que você precisa antes de você pedir a ele.



Aqui vemos que a oração é entre nós e Deus, não para impressionar os outros. Nosso coração não tem a atitude certa se o que buscamos é que os outros vejam e admirem nossas palavras. Ao orar, nosso maior desejo deve ser passar tempo com Deus e falar com Ele do fundo de nosso coração.





É verdade que nosso Pai sabe de antemão do que precisamos, mas como todo bom pai, ele adora ouvir a voz de seus filhos. Vemos que a ênfase da oração deve ser fortalecer nosso relacionamento com Deus, nos aproximar dele, passar o tempo em sua presença e compartilhar com ele o que ocupa nosso coração. Oramos porque nosso relacionamento com Deus é importante e vital.

Como oramos?

Podemos compreender a importância da oração, mas muitas vezes não temos clareza sobre como devemos orar. A Bíblia nos dá exemplos e ajuda. No mesmo capítulo do Evangelho de Mateus mencionado acima (Mateus 6) encontramos o nosso Pai, conhecido como a oração modelo de Jesus. Mateus 6: 9-13 diz:

1112 número do anjo

Se tomarmos esta oração como exemplo, veremos que existem alguns elementos importantes que devem fazer parte de nossa oração.

1. Começamos com uma atitude de louvor, adoração e humildade



Inicialmente devemos mostrar nosso louvor e adoração, reconhecer a grandeza de Deus e sua santidade. Nossa atitude deve ser humilde.

2. Expressamos nossa confiança nele

Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. (v.10)

Então nos submetemos à sua vontade e afirmamos que a melhor coisa que pode nos acontecer é que seu reino se manifeste em nossas vidas. Declaramos total confiança de que seu reino e sua vontade são os melhores para nós, porque onde o reino de Deus se manifesta, grandes coisas acontecem.

3. Apresentamos nossos pedidos



Continuamos a apresentar nossas petições, para pedir a provisão de Deus para o dia. Ele sabe que no decorrer do dia teremos necessidades físicas e desejaremos supri-las.

4. Reconhecemos a importância do perdão

Perdoe nossas dívidas, assim como perdoamos nossos devedores. (v.12)

Reconhecemos nossa necessidade de seu perdão e sua graça. Ao mesmo tempo, examinamos nosso coração para saber se estamos dispostos a perdoar e oferecer graça àqueles que nos ofenderam. É hora de nos examinar. Sabemos que somos gratos pelo perdão de Deus por nossas vidas. Nosso coração está suficientemente transformado para oferecer perdão àqueles que nos ofenderam?

signos do zodíaco, animais espirituais

5. Pedimos vitória sobre a tentação e o mal



Pedimos sua ajuda e proteção das tentações para que permaneçamos firmes e não cedamos. Sabemos que ele é o único que pode nos proteger e nos libertar das tentações e de todos os ataques do maligno.

6. Nós o louvamos novamente

Algumas versões incluem:

Porque seus são o reino, o poder e a glória para sempre. Um homem.

Terminamos com louvor e adoração a Deus, reconhecendo que só ele merece toda a glória e toda a honra, que a eternidade está em suas mãos.

Por que devemos orar?

A oração nos aproxima do pai. Isso nos dá a oportunidade maravilhosa de abrir nossos corações a ele, dizer a ele o que ocupa nossas mentes, pedir sua ajuda e sabedoria. Tiago 4: 8 diz: Aproxime-se de Deus, e ele se aproximará de você. E é isso que fazemos quando oramos! Nós nos aproximamos do Pai; reservamos um tempo para conversar e ouvi-lo, para desfrutar de sua presença e companhia. Esta é a principal razão pela qual oramos. Existem outras razões pelas quais devemos orar, veja algumas delas abaixo.

1. Para que Deus seja glorificado

Deus espera que peçamos, e o façamos em nome de Jesus. Não é pedir tudo o que queremos, mas pedir de acordo com o seu desejo para nós e para que ele seja glorificado em nossas vidas.

sinal 22 de março

2. Porque se pedirmos, recebemos

Peça e receberá; olhe, e você encontrará; ligue e ele será aberto. Para quem pede recebe; aquele que procura, encontra; e para aquele que chama, é aberto. Quem de vocês, se seu filho pede pão, lhe dá uma pedra?
(Mateus 7: 7-9)

Aqui vemos o coração paternal de Deus. Ele quer dar coisas boas aos seus filhos, mas devemos pedir, buscar, chamar, cultivar nosso relacionamento com nosso Pai e expressar nossos anseios.



3. Porque Jesus deu um exemplo

Vemos que Jesus, embora Deus fosse um homem, cultivou uma vida de oração e clamor, mas também teve uma submissão reverente. Quanto mais devemos mostrar esse coração reverente e submisso por meio de nossas orações e nossas conversas com o Pai!

4. Para receber sua paz

Não se preocupar com nada; antes, em cada ocasião, com oração e petição, apresente seus pedidos a Deus e dê graças. E a paz de Deus, que ultrapassa todo entendimento, cuidará de seus corações e de seus pensamentos em Cristo Jesus.
(Filipenses 4: 6-7)

São tantas as nossas preocupações diárias! Podemos levá-los a Deus, entregá-los a Ele e dar graças a Ele, porque não temos que enfrentar os problemas da vida sozinhos. É nessa atitude de total confiança nele que recebemos a sua paz, uma paz incompreensível que mostra o cuidado do nosso Deus.

5. Para receber cura física e espiritual

Podemos apresentar a Deus todos os tipos de petições, incluindo pedidos de saúde e perdão de pecados. Deus deseja nos tocar com cura física e cura espiritual. Somos justos graças a Jesus (2 Coríntios 5:21) e é por isso que nossa oração é eficaz e tem poder.

6. Porque ele expressa confiança na graça e misericórdia de Deus

Portanto, aproximemo-nos do trono da graça com confiança para receber misericórdia e encontrar a graça que nos ajudará no momento em que mais precisamos.
(Hebreus 4:16)

Quanto mais cultivamos nosso relacionamento com Deus, mais fácil será abordá-lo com toda a confiança para falar com ele e apresentar nossas necessidades. Também será cada vez mais fácil ouvi-lo e receber sua misericórdia, sua graça, sua paz.

Devemos perseverar na oração



Podemos orar em todos os momentos por todas as situações ou pessoas que vêm à nossa mente. Devemos também interceder por nossos irmãos na fé. É importante pedir ao Espírito Santo as palavras precisas para orar com sabedoria, de acordo com o coração de Deus.

Não hesite em se aproximar do Pai celestial com suas orações. Você verá a enorme alegria que seu coração sentirá ao fortalecer seu relacionamento com ele por meio da oração.