Metilação: Por que é importante para sua imunidade, inflamação e muito mais

Metilação é a última palavra da moda na indústria da saúde, e por um bom motivo. É um processo bioquímico envolvido em quase todas as funções do seu corpo.

O que é metilação? Sem ser muito técnico, a metilação é a adição de um único átomo de carbono e três átomos de hidrogênio (chamados de grupo metil) a outra molécula. A remoção de um grupo metil é chamada de desmetilação. Pense em bilhões de pequenos interruptores liga / desliga dentro de seu corpo que controlam tudo, desde sua resposta ao estresse e como seu corpo produz energia a partir dos alimentos, à química cerebral. Isso é metilação e desmetilação.

Controle de grupos metil:



  • A resposta ao estresse (lutar ou fugir)
  • A produção e reciclagem de glutationa - o antioxidante mestre do corpo
  • A resposta à inflamação
  • Expressão genética e reparo de DNA
  • Neurotransmissores e o equilíbrio da química do cérebro
  • Produção de energia
  • O reparo de células danificadas por radicais livres
  • A resposta imune, controlando a produção de células T, lutando contra infecções e vírus e regulando a resposta imune

Se você tiver uma escassez de grupos metil, ou seu ciclo de metilação for interrompido, qualquer um ou todos esses processos podem ficar comprometidos e você pode ficar doente. Pesquisa ligou metilação prejudicada com condições auto-imunes.

Reinicie seu intestino

Inscreva-se para receber nosso guia de saúde intestinal GRATUITO, com dicas e receitas de cura.

OBTER ACESSO AGORA

Metilação e glutationa. Melhorar a metilação é importante para todos, mas pode ser especialmente importante se você tiver uma doença auto-imune. Um dos motivos é o papel da metilação na produção e reciclagem de glutationa, o antioxidante mestre do corpo e removedor mestre 'lasca'. A glutationa neutraliza diretamente os radicais livres, reduz a inflamação e auxilia no papel de outros antioxidantes como vitamina C, E e ácido lipóico.

Em um mundo perfeito, seu corpo produz sua própria glutationa a partir dos aminoácidos cisteína, glicina e glutamina, e então a recicla por metilação usando doadores de metila como vitamina B12, folato, betaína e outros nutrientes. Em condições normais, seu corpo produz e recicla glutationa suficiente. No entanto, se parte do ciclo de metilação for interrompido, você pode ficar muito doente.

Propaganda

Como Melhorar a Metilação

Abaixo estão algumas maneiras totalmente naturais que podem melhorar suas vias de metilação, que eu recomendo como um praticante de medicina integrativa:

1Coma bastante verduras.

Comer vegetais de folhas verdes escuras diariamente fornece folato natural (um doador de metila), necessário para a metilação adequada. Certifique-se de ingerir no mínimo duas xícaras desses alimentos diariamente.

dois.Obtenha vitaminas B e ácido fólico.

As vitaminas B são doadores de metila, especialmente folato, B6, B12 e riboflavina. As fontes de vitaminas B incluem peixes, ovos, folhas verdes escuras, aspargos, amêndoas, sementes de girassol e nozes.

como sair de uma rotina mental

3Apoie a metilação com suplementos.

Certifique-se de obter quantidades adequadas de magnésio e zinco, que podem suportar a metilação.

Quatro.Tome probióticos.

Lembre-se de que os bons insetos ajudam a produzir e absorver vitaminas B e ácido fólico.

5Reduza o álcool e o fumo.

Essas substâncias sobrecarregam seu fígado e consomem grupos metil.

Como aumentar sua glutationa

Além de certificar-se de que sua metilação está operando em capacidade total, você pode aumentar seus níveis de glutationa com as seguintes estratégias:

como posso encontrar um homem

1Coma proteínas saudáveis.

Comer alimentos ricos em precursores de glutationa - cisteína, glicina e glutamato - pode ajudar a aumentar a glutationa. As fontes desses aminoácidos importantes incluem ovos orgânicos enriquecidos com ômega-3, peixes seguros e carnes magras orgânicas.

dois.Coma alimentos sulfurosos.

O enxofre é um componente-chave da glutationa, portanto, é ótimo comer alimentos que contenham enxofre em quantidade suficiente. As fontes incluem alho, cebola e vegetais crucíferos como couve, brócolis, couve-flor, repolho, agrião e bok choy.

3Tome proteína em pó.

A proteína de soro de leite em pó não desnaturada aumenta os níveis de glutationa ao converter a cisteína em glutationa. Se você é alérgico ao soro de leite (que vem dos laticínios), experimente uma proteína de arroz em pó hipoalergênica. Tome uma ou duas colheres de proteína em pó por dia em água, suco ou smoothie.

Quatro.Otimize seus antioxidantes.

Vitaminas C , D e É todos podem encorajar níveis mais elevados de glutationa.

5Mexa seu corpo.

Além de reduzir o estresse e a depressão, o exercício também aumenta seus níveis de glutationa .

6Durma o suficiente.

Estudos mostrar que a falta de sono pode esgotar a glutationa. Certifique-se de dormir entre 7 e 10 horas todas as noites.

7Spice it up.

Curcumina pode aumentar os níveis de glutationa no fígado - mais um bom motivo para usar essa especiaria antiinflamatória. Ou, você pode tomar um suplemento de curcumina.

Muitas vezes, apenas seguir orientações como essas pode oferecer algum alívio para sua condição auto-imune e mantê-lo saudável e vibrante por toda a vida. Mas, quando fazer tudo 'certo' ainda não for suficiente para melhorar seus sintomas autoimunes, faz sentido consultar um médico qualificado que possa solicitar um teste funcional e orientá-lo no processo de tratamento.