Salmo 51 Significado: Comentário da Bíblia para uma proteção poderosa

salmo-51-a-oração-de-um-pecador arrependido

Descubra o Salmo 51 Comentário em detalhes, com seu estudo e explicação da Bíblia, bem como seu significado na Bíblia Católica, entre outros.



Salmo 51-1

Tem misericórdia de mim, ó Deus, de acordo com a tua compaixão;
de acordo com a multidão de suas ternas misericórdias,
apague minhas transgressões.

Salmo 51-2

Lava-me completamente da minha iniqüidade
e purifica-me do meu pecado.





23 de agosto signo do zodíaco

Salmo 51-3

Pois eu reconheço minhas transgressões,
e meu pecado está sempre diante de mim.



Salmo 51-4

Contra você, somente você, eu pequei,
e fiz mal aos teus olhos,
para que você seja reconhecido em sua palavra
e claro em seu julgamento.

Salmo 51-5

Eis que fui gerado em iniquidade,
e em pecado minha mãe me concebeu.



Salmo 51-6

Veja, você ama a verdade no mais íntimo,
e no segredo você me fez entender a sabedoria.



Salmo 51-7

Purifica-me com hissopo, e ficarei limpo;
lava-me e ficarei mais branco do que a neve.

Salmo 51-8

Deixe-me ouvir alegria e alegria,
e os ossos que você quebrou se alegrarão.



Salmo 51-9

Esconda seu rosto dos meus pecados
e apaga todas as minhas iniqüidades.



Salmo 51-10

Crie em mim um coração limpo, ó Deus,
e renovar um espírito reto dentro de mim.

Salmo 51-11

Não me afaste de você,
e não retire de mim o seu espírito santo.

Salmo 51-12

Devolva-me a alegria da sua salvação,
e um espírito generoso me sustenta.



Salmo 51-13

Então vou ensinar aos transgressores seus caminhos,
e os pecadores voltarão para você.

Salmo 51-14

Livra-me do derramamento de sangue, ó Deus, o
Deus da minha salvação;
minha língua cantará sobre a sua justiça.

set 19 zodiac

Salmo 51-15

Senhor, abra meus lábios,
e minha boca proclamará seu louvor,

Salmo 51-16

porque você não quer sacrifício, que eu daria;
você não tem prazer em holocaustos.

Salmo 51-17

Os sacrifícios de Deus são um espírito quebrantado;
um coração quebrantado e contrito que você não desprezará, ó Deus.

Salmo 51-18



Faça o bem com sua bondade para com Sião;
construir os muros de Jerusalém.

Salmo 51-19

Então você ficará satisfeito com os sacrifícios justos,
o holocausto, ou um holocausto;
então bezerros serão oferecidos em seu altar.

Salmo 51 - Comentário Bíblico de Matthew Henry

David é, com toda a probabilidade, um dos personagens bíblicos mais conhecidos. Certamente você já ouviu em algum momento de sua vida a história do jovem Davi e sua vitória sobre o gigante Golias. A vida de Davi foi de muita ação, dedicada ao serviço de Deus.

David era o filho mais novo de sua família, pastor de ovelhas e músico. Apesar da normalidade de sua existência, Deus o escolheu desde muito jovem para uma tarefa especial: ser o segundo rei de Israel. Seus irmãos eram maiores e mais fortes, mas Deus escolheu Davi porque ele tinha um bom coração diante de si (1 Samuel 16: 7).

David é creditado com a autoria de 73 dos Salmos que temos na Bíblia. Os Salmos são composições poéticas que expressam as alegrias ou tristezas de seus autores e suas experiências com Deus. Por exemplo, no Salmo 51, Davi expressa claramente a profunda tristeza que sentiu ao ser confrontado com seu pecado, que trouxe fortes consequências e que marcou sua família para sempre.

A história por trás do Salmo 51



Em 2 Samuel 11 e 12, lemos que certa noite o rei Davi se levantou e subiu ao telhado do palácio onde morava, de onde podia ver os telhados de outras casas. Em um deles ele viu uma mulher tomando banho, Bate-Seba. Ela era muito bonita e David pediu informações sobre ela. Eles contaram a ela sobre sua família e sobre seu marido Urias, que estava na batalha junto com quase todos os homens da cidade. Davi a mandou vir ao palácio e ela dormiu com ela. A mulher engravidou e ele percebeu que estava uma bagunça.

David traçou um plano. Ele deu permissão a Urias para voltar por alguns dias e tentou fazê-lo ir para casa e dormir com sua esposa. Mas Urias foi fiel a seus camaradas na batalha e não queria desfrutar de privilégios que outros não poderiam desfrutar naquele momento, então ele não o fez.

Como o plano não funcionou, Davi enviou uma carta da mão de Urias a Joabe, encarregado do exército. Ele ordenou que ele colocasse Urias na frente de batalha, no lugar mais perigoso. Ele o instruiu a deixar Urias quando a batalha fosse mais intensa para que os inimigos o matassem. Em outras palavras, ele planejou o assassinato de Urias. Após a morte de Urias, Davi se casou com Bate-Seba, mas isso não agradou a Deus.

Quando Bate-Seba soube que Urias, seu marido, havia morrido, ela chorou por ele. Após o luto, Davi ordenou que a levassem ao palácio e a tomassem por esposa. Com o tempo, ela lhe deu um filho. No entanto, o que Davi fez desagradou ao Senhor. (2 Samuel 11: 26-27)

Deus enviou o profeta Natã para repreender Davi. O bebê já havia nascido, Deus esperou para ver se Davi reconsideraria e se arrependesse, mas isso não aconteceu. Natã foi e contou uma história a Davi sobre dois homens, um rico e um pobre, e como o homem rico arrebatou seus bens mais preciosos dos pobres. Davi ficou muito zangado quando ouviu a história e declarou que o homem rico devia morrer.



Então Natã disse a Davi: Você é aquele homem! Assim diz o Senhor Deus de Israel: Ungi-te rei de Israel e te livrei do poder de Saul. Eu dei a você o palácio de seu mestre e coloquei suas mulheres em seus braços. Também permiti que você governasse Israel e Judá. E se isso fosse pouco, eu teria lhe dado muito mais. Por que, então, você desprezou a palavra do Senhor fazendo o que ele não gosta? Você matou Urias, o hitita, para prender sua esposa! Você o matou com a espada dos amonitas! É por isso que a espada nunca será separada de sua família, pois você me desprezou ao tomar a esposa de Urias, o hitita, para torná-la sua esposa. (2 Samuel 12: 7-10)

As consequências do pecado

Davi deixaria de receber algumas das bênçãos que Deus poderia ter dado a ele. Ao pecar, sempre perdemos algumas coisas boas que Deus quer nos dar porque nos afastamos de seus planos.

Também vemos que a família de David estaria em guerra e desunião e assim foi. Vários de seus filhos se envolveram em terríveis tramas de ciúme, inveja, incesto, desejo de poder e morreram violentamente. Tudo isso poderia ter sido evitado. O pecado de Davi abriu a porta para muitas calamidades dentro de sua família.

Leia também: Salmo 91 Significado: Oração da Bíblia por uma proteção poderosa

O que podemos encontrar no Salmo 51

Este é um Salmo de penitência que expressa o pesar e o arrependimento do salmista.

Confissão e pedido de perdão no Salmo 51

Davi começa pedindo a Deus por misericórdia e misericórdia. Ele reconhece e confessa seu pecado como rebelião contra Deus sabendo que só ele poderia perdoá-lo. Deus é o único que pode nos dar um novo começo. Não importa o quão grande seja nosso erro em vir diante de Deus com humildade reconhecendo que falhamos com ele, ele nos perdoa, nos restaura e nos ajuda a seguir em frente.

No versículo 6, Davi expressa a importância de que nossa vida íntima e secreta seja dirigida por Deus.

Eu sei que você ama a verdade no íntimo; Você me ensinou sabedoria no segredo. (Salmo 51: 6)



Quando a verdade de Deus e sua sabedoria reinam no mais profundo de nosso ser, tomamos decisões sábias que o glorificam e nos salvam de muitos problemas.

Pedido de limpeza e renovação

Os versículos 10 a 12 são uma oração pedindo um coração novo, limpo e justo diante de Deus. Deus sempre pode criar algo novo e belo, mesmo com nossos erros. Davi implora a Deus para não expulsá-lo de sua presença ou tirar o Espírito Santo. Precisamos ter tempo para ouvir o Espírito Santo e viver de acordo com sua vontade. A alegria que sentimos ao obedecer confirma que estamos no caminho certo, enquanto a perda da alegria é um bom indicador de que algo está errado.

O resultado da restauração

Davi se compromete a ser uma testemunha do Senhor, a ensinar aos outros o caminho correto e agradável a Deus (versículos 13 a 15). Ele decide viver uma vida cheia de elogios. Ele não iria deixar seu pecado arruinar o resto de sua vida , ele sabia que sempre há um novo começo em Deus. Ele tiraria vantagem de falar do amor e do perdão de Deus. Davi ansiava por ver o fruto da salvação, pecadores arrependidos e transformados pelo poder de Deus. A restauração de Deus traz significado e um novo propósito para nossa vida.

Humildade

Davi percebe que a humildade nos aproxima de Deus porque ele expressa nossa submissão e dependência dele. Quando pensamos que sabemos tudo, nos enchemos de orgulho e fazemos o que nos parece melhor. Começamos a confiar em nossos pontos fortes e tomar decisões sem primeiro consultar a Deus em oração. Devemos nos humilhar, reconhecer que Deus sabe o que é melhor para nós. Ao obedecê-lo, desfrutaremos da plenitude de bênçãos que ele deseja nos dar.

Vamos buscar viver uma vida que glorifique nosso Senhor

. Reconheçamos os nossos erros com humildade, sabendo que o caminho pelo qual Deus nos conduz é o melhor, cheio da sua paz e plenitude.

O que significa o Salmo 51?

Claramente, não se refere a nenhuma culpa que Davi carregou. No contexto, Davi manifesta arrependimento por suas REBELHÕES, isto é, atos voluntários de rebelião contra Deus e Sua Santa Vontade. Mas ele NÃO confessa NEM se desculpa pelo alegado pecado original ensinado pela religião católica romana e muitas seitas evangélicas que seguem a filosofia de João Calvino.

Existem duas explicações possíveis: (1) Refere-se ao pecado de sua mãe; (2) Refere-se ao fato de que o pecado existe em toda parte e que começa a AFETAR nossa vida desde o momento da concepção no ventre da mãe.

Deve-se notar que ser concebido em pecado NÃO SIGNIFICA ser concebido CULPADO pelo pecado, mas ser concebido NO MEIO DO pecado, isto é, sob a influência e os efeitos negativos do pecado.

Em termos simples, refere-se ao mal que existe em toda parte e nos perturba na luta para sermos puros e sem mácula diante de Deus. O pecado faz parte da existência e experiência humana desde a concepção até o momento da morte. MAS isso NÃO significa que as crianças nascem CULPADAS do pecado ou que o pecado faz parte da NATUREZA do homem desde a concepção.
O pecado é um ato da vontade humana em rebelião deliberada e desobediência contra Deus, NÃO algo que herdamos dos pais, como a cor dos olhos ou altura física. Leia cuidadosamente Ezequiel 18:20; I João 3: 4; Romanos 3:23; 5:12; Isaías 53: 6.

27 de maio zodíaco

Você chegou aqui procurando

  • Salmo de estudo bíblico 51
  • Significado do Salmo 51
  • Explicação dos Salmos 51
  • Interpretação do Salmo 51

Veja também:

Compartilhe Com Os Seus Amigos: